Dúvidas e Informações Gerais

18/03/2015 17:09

 

OBSERVAÇÕES PARA A EQUIPE DE ENFERMAGEM

Antes de instalar a Nutrição Parenteral:

·         Verificar o conteúdo da mistura de NP (checar prescrição x rótulo da bolsa de NP)

·         Confirmar a identificação do paciente (rótulo)

·         Observar a integridade da bolsa:

o    Vazamentos, lacres de segurança e aspecto;

o    Separação de fases e alteração de cor;

o    Verificar se há presença de elementos estranhos no produto que vai ser utilizado.

 

ADMINISTRAÇÃO DA NP

Em pacientes Adultos, iniciar a infusão de 30 a 40 mL / hora (cerca de 50% das necessidades proteico-calóricas), progredindo de acordo com a tolerância do paciente e Limite prescrito. Em crianças seguir o gotejamento inicialmente prescrito!

Parâmetros como, níveis séricos de glicose e o quadro clínico do paciente, devem ser monitorados até alcançar as necessidades nutricionais calculadas e prescritas. É fundamental controlar a glicemia, evitando estados de hiper ou hipoglicemia.

A NP deverá ser retirada (suspensa) gradualmente, pois existe o RISCO DE HIPOGLICEMIA SEVERA!

 

CERTIFICAR A VIA E A OSMOLARIDADE DA NP COMPARANDO-A COM A VIA QUE SERÁ INSTALADA NO PACIENTE!

 

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA A INSTALAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA NUTRIÇÃO PARENTERAL:

O manuseio para a instalação da NP deverá ser executado por pessoal treinado, com conhecimento de técnicas assépticas e manuseio dos aparatos de infusão.

Fazer antissepsia das mãos e utilizar luvas estéreis sempre que for manusear a NP e os dispositivos de infusão, em local previamente limpo e sanitizado.

A NP, antes de ser usada, deverá ser mantida sobre refrigeração (de 2ºC a 8°C) em local exclusivo;

Após retira a NP do refrigerador, antes da infusão, verificar se está à temperatura ambiente.

NÃO utilize qualquer fonte de calor para aumentar a temperatura da solução.

Revisar as informações do rótulo: componentes, osmolaridade, gotejamento e número da mistura, a fim de manter a continuidade da administração.

Reservar a via distal para a nutrição parenteral quando estiver sendo utilizado um cateter de duas ou três vias.

Manter a individualidade do cateter que está sendo utilizado para Nutrição Parenteral.

NÃO utilizar a via de acesso de nutrição parenteral para administração simultânea de medicamentos, nem realizar medição de pressão venosa central ou coleta de amostras de sangue nesse cateter.

Em casos excepcionais, como em pacientes pediátricos e recém-nascidos, com cateter de luz única e sem via de acesso periférica disponível, suspender momentaneamente a nutrição, limpar o local de administração de medicamentos no equipo de infusão, irrigar / lavar com solução salina normal, administrar o medicamento lentamente ou com auxílio de uma bureta, e irrigar / lavar novamente com solução salina normal.

Utilizar bomba de infusão para administrar nutrição parenteral. Trocar o equipo NO MÁXIMO a cada 48 horas, ou de acordo com as normas da instituição.

 

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA A INSTALAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA NUTRIÇÃO PARENTERAL:

O equipo de infusão deverá ser conectado à bolsa em uma superfície plana e previamente sanitizada (no mínimo com álcool 70%) ou sob fluxo laminar;

Ao final do prazo de infusão (24 horas), seu conteúdo deverá ser descartado com todo o sistema (equipo, filtros e extensores) em local apropriado.

Em recém-nascidos e pacientes imunocomprometidos, deve-se trocar o equipo a cada 24 horas.

O frasco ou bolsa de nutrição parenteral NÃO deve permanecer instalado por mais de 24 horas.

Não reinstalar uma solução de NP que tenha sido descontinuada ou retirada.

Os filtros de 0,22 micra estão indicados quando a nutrição parenteral contém fosfato e cálcio.

Trocar o filtro juntamente com o equipo a cada 24-48 horas ou segundo as indicações do fabricante.

Os filtros de 1,2 micra estão indicados quando a nutrição parenteral contiver lipídeos.

Trocar o filtro a cada 24 horas ou de acordo com as indicações do fabricante.

Observar a mistura parenteral em uso para verificar precipitações ou turvação.

Manter a bolsa de NP longe de fontes de irradiação de luz e calor;

Para segurança, utilizar capa de foto-proteção sobre a bolsa de NP que é fornecida juntamente com a bolsa.

 

CUIDADOS COM A INFUSÃO DE NP POR BOMBA

Para uma administração segura de NP, recomenda-se o uso de bomba de infusão.

Os dispositivos utilizados (equipo, filtros e extensores) devem ser trocados a cada 24-48 horas, de acordo com as normas de cada instituição;

Utilizar as técnicas de manuseio das bombas e equipo de infusão em conformidade com as normas estabelecidas pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar. Essas normas devem incluir a limpeza, desinfecção, calibração e manutenção desses materiais.

Verificar, a cada 4 horas, se a quantidade informada pelo contador de volume da infusão realmente corresponde à quantidade administrada ao paciente.

Manter a bolsa de nutrição parenteral afastada da bomba (aproximadamente 50 cm), pois o equipamento irradia calor (cerca de 37°C), o que poderia induzir alterações nas propriedades físico-químicas e interações indesejáveis nas misturas e fórmulas.

 

LEMBRE-SE:

Os princípios de assepsia, antissepsia e o uso adequado dos equipamentos garantem bons resultados, eficácia e segurança, tanto para o paciente quanto para a instituição de saúde.

 

EM CASO DE DÚVIDAS PROCURE INFORMAÇÕES E CERTIFIQUE-SE DO PROCEDIMENTO CORRETO.

 

SAC: essencialfarmacosenutricao@gmail.com

Tel.:/fax: (45) 3038-1983

Assistência de Farmacêuticos: (45) 9964-9995 / (45) 9926-4984

CASCAVEL - PARANÁ

 

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!